sábado, 4 de setembro de 2010

Edir Macedo. Sim, ele nasceu. E têm o direito de viver!

Essa semana, cristãos de todo o Brasil se depararam com uma verdadeira falta de temor acerca dos propósitos do Senhor para a vida que Ele, o Criador, criou. Trata-se das declarações pró-aborto do Bispo Edir Macedo. Para não me basear no que falarem que ele disse me dispus a vê-lo em um vídeo fazendo uma declaração infeliz sobre o tema (CLIQUE AQUI PARA VER O VÍDEO) e em seu blog pessoal afirmando que suas declarações são fundamentas nas falas do próprio Cristo (CLIQUE AQUI E VEJA):

Para os que acreditam não haver embasamento bíblico no que eu digo, cito o momento em que o Senhor Jesus sentou-se à mesa com Seus discípulos para celebrar a última ceia, antes de ser torturado e morto. Ele anunciou que ali estava presente quem O trairia, e sentenciou: “O Filho do homem vai, como está escrito a seu respeito, mas ai daquele por intermédio de quem o Filho do homem está sendo traído! Melhor lhe fora não haver nascido!” Mateus 26-24. No meu entendimento, essa última frase pode ser interpretada como: seria melhor que Judas tivesse sido abortado. Melhor do que o futuro de sua alma. (MACEDO)

Apenas faço menção do caso para demonstrar como é comum e fácil deturpar os ensinamentos bíblicos, assassinar a exegese e, de forma criminosa e irresponsável levar a muitos a acharem que a melhor forma de se acabar com a pobreza e a violência está muito longe da verdadeira Fonte da Vida! Oremos por esse homem que, mesmo indo contra o que ele hoje ensina, jamais deveria ter sido abortado, embora traga tanta dor, tristeza e falta de temor ao Deus Criador.

5 comentários:

Daniel Kock disse...

É isso ai Marcos, assino em baixo, Edir Macedo (que diz literalmente não ser crente) está pra lá de Bagdá no que diz interpretação de textos, e tem gente que o defende como homem de Deus... lamentável...

aumentaiminhafe disse...

Caro Tedesco,

Seu post me serviu de inspiração para um trabalho que faremos para semana nacional da vida e o dia do nascituro que celebramos na 1a semana de outubro.

Na verdade quem me inspirou mesmo foi o mesmo Espirito Santo de Deus que lhe moveu a publicar esse seu post, Que não se conforma e comunga com idéias maquiavelicas como essa desse que deveria estar representando a Deus.

Embora não nos sirva de conforto, Jesus nos ensina com sua parábola do patrão que chega em casa sem aviso qual é o destino do empregado cruel e que sabia de suas vontades.

Que Deus nos livre do mal,

Amem.

Adriana Rangel disse...

Fico feliz em visitar um blog e ler bons textos! Parabens!
Gostei muito ..Shalom!

F.E. Adriano Pontes disse...

Ola, a paz de Jesus e o amor de Maria!

Obrigado pela visita e pelo comentário no blog fé em atitude.

E sobre a ação desse filho de Deus, num primeiro momento, fico chateado, porque são tantas mentiras contadas por ai e as pessoas acreditam...

Num segundo momento fico pensando, será que algum chegado dele poderia perguntar para ele a pergunta que coloquei numa enquete no blog fé em atitude: Você queria ter sido abortado? Duvido muito que a resposta fosse sim...
^^
Na verdade eu ia rir muito, porque eu imagino a cena, ele com cara de taxo dizendo "não", desmentindo assim tudo o que disse...
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Mas só um pontozinho: isso que ele fez é muito fácil, até o demônio usou a palavra de Deus contra Deus... (Lucas 4, 1-13)

Um abraço, Deus abençoe!

Lucian disse...

Querido Marcos, tbm gostei mto do seu blog, belos textos! E fiquei feliz por saber que sou um dos seus parceiros de jornada, e por justiça e reciprocidade tbm divulgarei seu blog nos que eu leio e recomendo.

Um grande abraço,

Lucian

www.papodegrilo.blogspot.com